A Cupra, a marca desportiva da Seat, já está a dar nas vistas, a ponto de merecer o interesse dos alemães da ABT, reputados preparadores de veículos de série. A magia destes transformadores germânicos baseia-se em tornar um veículo capaz de emocionar qualquer condutor num modelo ainda mais assanhado. E não apenas extraindo mais uns cavalos do motor, que é como quem diz, reduzindo a rapidez com que supera os 100 km/h, ou elevando a velocidade máxima, pois também o comportamento merece a atenção dos técnicos alemães.

A base do Ateca ABT é o Cupra Ateca, que monta o motor 2.0 TSI sobrealimentado com 300 cv, associado a uma caixa automática de dupla embraiagem com sete velocidades e ao sistema de transmissão integral 4Drive. Para se adaptar às necessidades e aos hábitos de cada condutor, o Cupra oferece seis modos de condução, do Normal (mais pacato) ao Cupra (mais agressivo), passando pelo Sport, Individual, Snow e Off-Road, com estes últimos a visarem circular mais à vontade em pisos cobertos de neve e gelo, ou fora de estrada.

SUV desportivo dança no gelo pela mão do mestre

Tivemos a oportunidade de conviver com o novo Cupra Ateca ABT na Suíça, que além de uma decoração específica e cores próprias, revela ainda um nível de acabamentos superior. Não há grandes diferenças no nível de equipamento, sendo as diferenças mais óbvias no capítulo da mecânica. Depois de ser alvo da atenção dos técnicos da ABT, o Ateca vê a potência subir de 300 para 350 cv, com o ganho de 50 cv a surgir acompanhado por um incremento da força do motor, que passou a fornecer mais 40 Nm.

Com o novo potencial do motor, o Ateca ABT ganha 8 km/h na velocidade máxima, atingindo agora 255 km/h, com a rapidez com que vai de 0 a 100 km/h a ser reduzida em 0,2 segundos, fixando-se agora em 4,7 segundos.

O roncar do motor é mais audível depois dos tratamentos da ABT, mas são as jantes de 20” em liga leve que saltam mais à vista, as ABT GR, que além de mais elegantes são ainda mais abertas, para ajudar a refrigerar os discos de travão. Os pneus 235/35 completam o conjunto.

O preparador alemão propõe três níveis de transformação, como pode ver no site.