Até agora apenas com propostas mild hybrid (MHEV) na sua gama, a Land Rover entra na segunda etapa da electrificação rumo àquilo a que designa “Destination Zero” (zero emissões, zero acidentes e zero engarrafamentos) com a introdução de uma variante híbrida plug-in (PHEV) no Range Rover Evoque e no Discovery Sport.

Qualquer um dos modelos, com a denominação P300e PHEV, já está disponível sob encomenda no mercado português, sendo o Evoque proposto por valores a partir de 53.313,19€, enquanto o Discovery Sport pratica preços desde 51.839,84€.

Ambos recorrem ao novo motor a gasolina de 1,5 litros, o mais pequeno da gama Ingenium e combinam esse três cilindros de 200 cv com um sistema de propulsão eléctrica de 80 kW (109 cv) no eixo traseiro, alimentado por uma bateria de 15 kWh (sob os bancos de trás), pelo que se mantém a tracção integral que tanta fama rende aos modelos da Land Rover. A este argumento há ainda que juntar uma redução substancial do consumo, conforme o estabelecido pelo protocolo WLTP. No caso do Evoque, 1,4l/100 km e, para o Discovery, 1,6l/100 km, com isso a reflectir-se também nas emissões de dióxido de carbono – respectivamente, 32 g/km e 36 g/km, sendo que ambos estão sempre acoplados à nova transmissão automática de oito velocidades, que é 5 kg mais leve.

14 fotos

A Land Rover anuncia uma autonomia em modo eléctrico de 66 km para o Evoque e 62 km no Discovery, com ambos a poderem ser recarregados de 0 a 80 % em 30 minutos, num posto de carga rápida da rede pública (a carga real que chega ao veículo está limitada a 32 kW). Em casa, demora 1 hora e 24 minutos com um carregador de parede ou wallbox específico de 7 kW, enquanto que, numa tomada doméstica convencional, a operação tarda 6 horas e 42 minutos.