A circulação na Linha do Norte foi restabelecida esta quinta-feira nas duas vias, após ter estado cortada devido a um acidente mortal numa passagem de nível com cancelas automáticas, em Santarém, na quarta-feira, revelou a Infraestruturas de Portugal (IP).

De acordo com a IP, a circulação ferroviária foi reposta nas duas vias entre o Setil e Santarém às 10h50, embora no local do acidente se faça com afrouxamento para os 60 quilómetros/hora nas duas vias.

A circulação já tinha sido restabelecida às 6h25, mas numa única via, em ambos os sentidos.

A Linha do Norte esteve cortada para “remoção dos destroços e reparação de alguns danos na via”, nomeadamente na catenária — o sistema de alimentação e distribuição da energia elétrica utilizada no funcionamento dos comboios, após um acidente entre um Alfa Pendular e um pesado de mercadorias, ocorrido na quarta-feira à tarde.

O acidente ocorreu numa passagem de nível com cancelas automáticas, perto da freguesia de Vale de Santarém, no concelho de Santarém. O alerta chegou às autoridades às 18h56.

O condutor do veículo pesado de mercadorias envolvido acabou por morrer na sequência do acidente, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.

Inicialmente, o CDOS de Santarém tinha indicado que o acidente provocou dois feridos, um ligeiro, que seguia no comboio e que foi transportado para o Hospital de Santarém, e outro, que conduzia o camião, desconhecendo-se, então, a gravidade dos ferimentos.

Questionada pela Lusa, fonte da CP — Comboios de Portugal indicou que no comboio, que circulava no sentido Porto-Lisboa, seguiam 12 passageiros.

Segundo o CDOS, foram ainda assistidos dois passageiros do Alfa Pendular.

A fonte da CP, que recolheu informação junto da Infraestruturas de Portugal, adiantou que o mecanismo automático da passagem de nível estava a funcionar.