Na Alemanha, o regresso a uma normalidade que ainda está (e por certo estará durante muitos meses) longe de ser normal começou esta semana.

Por todo o país, “floristas, livrarias, lojas de roupa, stands de carros e lojas de bicicletas e outras lojas com menos de 800 metros quadrados de área” voltaram a abrir gradualmente desde segunda-feira, de acordo com o jornal The Guardian. Já esta quarta-feira, lojas de mobiliário de maior dimensão também reabriram em alguns pontos do país, tal como 11 lojas da cadeia IKEA, refere a agência de notícias Reuters.

Nas lojas IKEA de maior dimensão que reabriram esta quarta-feira na Alemanha, por exemplo, o número de clientes no interior dos espaços comerciais está a ser contabilizado com cuidados, para garantir que a lotação permite a manutenção de distância de segurança entre clientes e entre clientes e funcionários. O limite máximo de pessoas dentro destas superfícies de mobiliário é agora de 640 clientes. Veja, na fotogaleria acima, as imagens deste regresso gradual do comércio na Alemanha.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR