O Facebook lançou várias novidades nesta sexta-feira, consequência da procura que a rede social tem sentido por parte dos utilizadores durante a pandemia de Civid-19. Agora, a rede social vai ter salas onde podem estar até 50 pessoas em videochamada. As “Rooms” não vão ter limite de tempo e vão permitir organizar celebrações, noites de jogos ou outras atividades no Facebook, no Messenger, Grupos e Eventos. Estas salas também chegarão “em breve” ao Instagram e ao WhatsApp, anuncia a empresa liderada por Mark Zuckerberg em comunicado. As pessoas que não têm conta na rede social também vão poder participar nas videochamadas.

Estas salas funcionam diretamente nas aplicações em computador ou smartphone e não precisa de instalar nenhum software adicional. Quem tiver a aplicação de troca de mensagens, o Messenger, poderá continuar a usar os filtros de realidade aumentada. Quem quiser trancar as salas para que outros utilizadores entrem, também pode fazê-lo, bem como remover utilizadores. Estas salas estão já a ser disponibilizadas em alguns países e vão estar disponível para o resto do mundo nas semanas seguintes.

“Os produtos do Facebook sempre foram sobre ligar pessoas. Ao longo dos anos, a rede social tem-se focado em ajudar as pessoas a sentirem-se presentes e próximas, mesmo quando não estão no mesmo lugar. Hoje, as videochamadas tornam essa distância cada vez mais reduzida e o Facebook acredita que o futuro é das plataformas mais imersivas, através da Realidade Virtual e Realidade Aumentada”,

As chamadas de vídeo por Messenger e WhatsApp mais que duplicaram com o surto de Covid-19 e as visualizações de vídeos no Facebook Live e Instagram Live aumentaram significativamente, explica a empresa.

As videochamadas podem ser trancadas e só entra quem o organizador quiser

Além das novas opções de videochamadas no Facebook, a empresa liderada por Mark Zuckerberg também aumentou o número de pessoas que podem participar numa conversa em vídeo para oito pessoas. Estas conversas e trocas de mensagens são encriptadas e ninguém poderá aceder a elas.

Depois das videochamadas, o Instagram libertou mais ferramentas para os vídeos em direto (Live) do Facebook e Instagram. Na primeira rede social, vai ser possível voltar a fazer diretos em dupla, os eventos vão poder ser transmitidos online. “Como forma adicional de suporte aos criadores e às pequenas empresas, o Facebook está a trabalhar para que uma Página consiga cobrar para uma pessoa ter acesso a um Evento com transmissão em direto”, explica a empresa.

Estes novos diretos vão permitir adicionar um botão de doação, para ajudar a angariar dinheiro para campanhas de donativos. Quem não tiver uma conta no Facebook também vai pode ver os vídeos em direto, que sejam públicos na versão Web. Mais: quem está a fazer o direto pode partilhar um número gratuito que permite ouvir uma versão áudio em qualquer telefone.

No Instagram, os diretos passam a estar disponíveis na versão da rede social para computador, em Web, e os vídeos podem ser salvos no IGTV, o canal de partilha de vídeos que existe dentro do próprio Instagram.

Os diretos do Instagram já podem ser vistos também no computador

Para os fãs de videojogos, outra novidade: vão poder descarregar a aplicação Facebook Gaming, disponível no Google Play, loja de aplicações do sistema operativo Android. A app vai permitir jogar instantaneamente, assistir às transmissões favoritas e descobrir grupos de gaming.

E, por último, os pais vão ter mais uma opção para as suas crianças. Com o lançamento do Messenger Kids, a empresa quer ajudar as crianças a manterem contacto com amigos e familiares, sob a supervisão dos pais. Esta aplicação vai estar disponível em mais de 100 países e com novas opções para ajudar pais a manterem os filhos em contacto com outras crianças.

Ainda não há datas concretas para o lançamento de todas as novidades em Portugal, mas a empresa diz que espera que estas atualizações vão sendo disponibilizadas globalmente nas próximas semanas.