Os jogadores do Arsenal, da Liga inglesa de futebol, vão ser autorizados a regressar ao campo de treinos de London Colney já a partir da próxima semana, anunciou este sábado o clube de Londres. Os arsenalistas explicam que o retomar de atividade far-se-á no respeito estrito das normas sanitárias aprovadas no Reino Unido no combate à pandemia de Covid-19.

“Os jogadores terão acesso aos nossos campos de treino de London Colney na próxima semana. Mas esse acesso será limitado, rigorosamente gerido e a distância social será mantida em cada momento”, disse um porta-voz do clube.

Em concreto, os gunners poderão treinar individualmente no terreno, com a presença no campo a fazer-se a partir de um sistema de rotação que lhes permita nunca se cruzarem. Os edifícios permanecerão fechados e os jogadores deverão regressar a casa assim que o treino acabe. A Premier League só encara o retomar da época a partir de 8 de junho, com jogos à porta fechada, segundo a imprensa inglesa.

Em 20 de abril, o Arsenal anunciou uma redução de salários dos jogadores e equipa técnica, na ordem dos 12,5%, a partir do final de abril. Também Southampton, West Ham, Watford e Aston Villa, na Premier League, seguiram a via da descida de salários ou adiamento de pagamentos.

A nível global, a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 200 mil mortos e infetou mais de 2,8 milhões de pessoas em 193 países e territórios. O Reino Unido é um dos países mais afetados, com mais de 148 mil casos, de que já resultaram mais de 20 mil mortes.