Com o objetivo de “aferir com maior exatidão o real significado dos números de infetados” com o novo coronavírus no concelho, a presidente da Câmara Municipal de Matosinhos enviou uma carta dirigida à Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte a pedir detalhes sobre o número de testes que são feitos nos concelhos da Área Metropolitana do Porto.

Para Luísa Salgueiro, “a análise dos casos positivos de Matosinhos só pode ser feita à luz da comparação do número de testes realizados nos concelhos vizinhos” e, por isso, são necessárias informações mais detalhadas sobre os rastreios.

Estamos muito atentos a todas estas questões e consideramos fundamental que a ARS Norte nos informe, pois podemos estar a cometer o erro de comparar concelhos que fazem 50 testes diários com concelhos que fazem 450, como é o caso de Matosinhos. Queremos continuar a dar respostas adequadas à população, às entidades e às instituições, mas para isso acontecer é fundamental que conheçamos o contexto em que nos movemos”, sublinha a autarca, citada em comunicado.

Na nota enviada, a autarquia recorda ainda que tem feito “um importante esforço logístico e financeiro” para que seja feito o rastreio da população de Matosinhos. No entanto, acrescenta, “as informações sobre o número global de testes realizados são fundamentais para compreender se o esforço de contratualização de mais rastreios contribui para a deteção precoce de infeções e diminui a sua disseminação pela comunidade”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Ora, tendo em conta a situação epidemiológica no Grande Porto, este exercício só pode ser feito por comparação entre os concelhos da Área Metropolitana do Porto, pelo que venho por este meio solicitar o rácio de testes por habitante tendo como referência os municípios desta NUTSIII”, refere Luís Salgueiro na carta, também citada em comunicado.

Atualmente, a Câmara Municipal de Matosinhos tem conseguido fazer, em colaboração com a Unidade Local de Saúde de Matosinhos (Hospital Pedro Hispano), cerca de 450 testes diários, seja na ULS, no centro de testes drive-thru ou no centro de rastreio móvel (para os lares de terceira idade e instituições de apoio à deficiência). De acordo com o boletim divulgado esta segunda-feira pela Direção-Geral de Saúde, Matosinhos tem 1.017 casos positivos de Covid-19.