Desde que a BMW revelou o protótipo em 2018, que o mercado aguarda o primeiro SUV eléctrico do fabricante alemão, ele que que já oferece aos seus clientes sete SUV (do X1 ao X7) de distintas dimensões e formas com motores de combustão.

Ao contrário de outros construtores tradicionais, a BMW é dos poucos com experiência na concepção e produção de automóveis eléctricos a bateria, uma vez que comercializa o i3 desde 2013. Mas se este utilitário com formas de monovolume serviu de montra tecnológica, com volumes reduzidos, desta vez a marca pretende ir mais longe e comercializaro iX3 em larga escala.

As fotos que aqui revelamos, referentes a um modelo apanhado na via pública, muito provavelmente durante uma sessão fotográfica, revelam um X3 similar às versões equipadas com motor de combustão, apesar de uma aerodinâmica mais cuidada. Isto é visível através do pára-choques frontal, de linhas mais suaves e entradas de ar menos exuberantes, além de uma grelha com a forma original, mas tapada, por o iX3 necessitar de muito menos refrigeração.

Na traseira, o pára-choques adopta uma linha mais simples, mas sobretudo perde os recortes para alojar as ponteiras do escape, surgindo no seu lugar umas aplicações em azul, que poderão fazer um conjunto mais atraente com umas cores da carroçaria do que com outras. As jantes são igualmente mais fechadas e aerodinâmicas, o que se compreende, uma vez que a maioria das travagens são realizadas apenas com recurso ao motor eléctrico, que assim aproveita para produzir energia, em vez de deitar mão aos travões convencionais, que transformam energia cinética em calor.

O novo iX3 será produzido na China, numa fábrica que a BMW ali possui em parceria com o fabricante local Brilliance, de onde será exportado para todo o mundo, ainda que numa primeira fase esteja limitado aos mercados chinês e europeu. O primeiro por razões óbvias e o europeu por a marca necessitar de diminuir as emissões médias da gama da marca alemã. Não se espera que o iX3 chegue ao mercado antes na primeira metade de 2021.

BMW iX3 terá bateria de 75 kWh e faz mais de 400 km

A BMW já revelou alguns pormenores do seu SUV a bateria. Sabe-se já que montará um pack com 74 kWh de capacidade que, segundo o construtor, será suficiente para garantir uma autonomia “superior a 440 km em WLTP”. Sabe-se igualmente que o iX3 montará apenas um motor sobre o eixo traseiro, com cerca de 286 cv e 400 Nm de força. Não se sabe ainda se a BMW vai propor uma versão 4×4, ou seja, com dois motores eléctricos, stando o segundo no eixo dianteiro. Mas, de acordo com a imprensa americana, é a ausência desta versão com tracção integral que levou a BMW a anunciar que o iX3 não iria (pelo menos de momento) ser comercializado nos EUA.