A Divisão dos Produtos Profissionais da L’Oréal anunciou na passada quinta-feira um plano de apoio à reabertura dos cabeleireiros portugueses, autorizada pelo Governo a partir da próxima segunda-feira. Em todo o país, este departamento da multinacional francesa irá distribuir (a preço de custo) entre 170.000 e 250.000 máscaras pelos seus salões parceiros, cerca de 3.000 em todo o território nacional.

Quanto ao álcool gel, produto que a própria empresa se tem dedicado a fabricar, existem 15 mil unidades (de 400 ml) disponíveis para distribuição gratuita e 25 mil prontas a entrar em catálogo para serem adquiridas por profissionais, numa segunda fase da reabertura do setor, que segundo dados do INE conta com mais de 38 mil espaços em Portugal e emprega mais de 50 mil pessoas.

86% das mulheres querem ir ao cabeleireiro

Mostrar Esconder

Um estudo realizado pela L’Oréal Portugal revela que 86% das mulheres portuguesas querem ir ao cabeleireiro após o fim do confinamento. Dessas, 83% tem como prioridade cortar o cabelo. Uma fatia de 42% quer também fazer coloração. A sondagem contou com as respostas de 500 pessoas.

A marca fez ainda saber que estes produtos fazem parte de um aprovisionamento internacional para apoiar a reabertura do setor. No total, 8,5 milhões de máscaras serão distribuídas na Europa e 20 milhões nos Estados Unidos. Somam-se ainda 3,5 milhões de unidades de gel hidroalcoólico.

Em Portugal, a L’Oréal tem trabalhado com as associações do setor na elaboração de um guia de higiene e segurança para a reabertura dos salões de cabeleireiro. Também esse acompanhado por materiais informativos e de sensibilização, será distribuídos pelos salões onde a empresa está presente através das marcas L’Oréal Professionnel, Redken, Kérastase e Shu Uemura.

Máscaras e luvas, clientes por marcação e medição de temperatura. O que propõem cabeleireiros e esteticistas para a reabertura

Perante as dificuldade que o setor tem enfrentado nas últimas semanas, na sequências do encerramento dos espaços e da ausência de faturação, desde o dia 26 de março que a L’Oréal optou por alargar o prazo de pagamento das faturas de clientes vencidas durante os meses de março e abril. A empresa reporta que, em Portugal, a medida foi apresentada a salões independentes e que mais de mil estão atualmente nesta situação. Em todo o mundo, 100 mil espaços terão beneficiado desta moratória, 65 mil só na Europa.

Adicionalmente, foi lançada a campanha “A beleza está em cuidar”, em parceira com a Tech4Covid, que impulsiona a compra de vouchers com dois anos de validade como forma de financiar os cabeleireiros fechados.

Artigo atualizado dia 1 de maio, às 17h30.