A REN — Redes Energéticas Nacionais registou 4,3 milhões de euros de lucro no primeiro trimestre, menos 67,5% do que em igual período de 2019, foi esta quinta-feira anunciado.

“A REN registou um resultado líquido de 4,3 milhões de euros no primeiro trimestre de 2020, um recuo de 8,9 milhões de euros em comparação com o período homólogo“, indicou, em comunicado, a empresa liderada por Rodrigo Costa.

Em comparação com o primeiro trimestre de 2019, os resultados apresentam uma redução de 67,5%.

Entre janeiro e março, o EBITDA (resultados antes de impostos, juros, amortizações e depreciações) da REN totalizou 118,9 milhões de euros, o que traduz uma redução de 5,1%.

Por sua vez, os resultados financeiros, no período em causa, foram negativos em 13,6 milhões de euros, valor que compara com os 15,5 milhões de euros apurados no primeiro trimestre de 2019.