Sem público e à porta fechada, a Serenata Monumental, que marca o início da Queima das Fitas em Coimbra, foi transmitida em direto “online” à meia-noite, a partir do Paço das Escolas da Universidade de Coimbra. Milhares de estudantes assistiram à cerimónia no Youtube e em direto, através da plataforma Zoom.

Pela primeira vez na história, o largo da Sé Velha, em Coimbra, não esteve repleto de estudantes de “capas negras” a assistir à Serenata Monumental, que todos os anos se realiza no início de maio.

Face à pandemia da Covid-19 e ao adiamento das festividades da Queima das Fitas 2020 para outubro, a Secção de Fado da Associação Académica de Coimbra realizou, desta vez, uma serenata simbólica à porta fechada na Via Latina, para manter a tradição académica coimbrã. Ao soar das doze badaladas da Cabra na Torre da Universidade, o grupo de fado “Capas ao Luar” tocou “Saudades de Coimbra”, um original de José Afonso.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Alguns estudantes finalistas de Coimbra que assistiram à serenata lamentaram, no Twitter, que a última serenata não fosse presencial, como manda a tradição.

Também antigos estudantes da Universidade de Coimbra louvaram a iniciativa. “É de me fazer emocionar”, escreveu um utilizador no Twitter.