A pandemia do novo coronavírus já matou 271.780 pessoas e infetou quase quatro milhões em todo o mundo desde dezembro, segundo um balanço da agência AFP às 19h TMG, baseado em dados oficiais.

Segundo os dados recolhidos pela agência noticiosa francesa, até às 19h TMG (20h de Lisboa) 3.896.790 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados em 195 países e territórios desde o início da epidemia.

A AFP alerta, contudo, que o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do total real de infeções, já que um grande número de países está a testar apenas os casos que requerem tratamento hospitalar. Entre esses casos, pelo menos 1.268.000 são agora considerados curados.

Desde a contagem feita às 19h TMG de quinta-feira, 4.862 novas mortes e 90.352 e novos casos foram registados em todo o mundo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Os países com mais óbitos nas últimas 24 horas são os Estados Unidos, com 1.257 novas mortes, o Reino Unido (626) e o Brasil (610).

Os Estados Unidos, que tiveram a sua primeira morte ligada ao coronavírus no início de fevereiro, são o país mais afetado em termos de número de óbitos e de casos, com 76.101 mortes em 1.271.775 casos. Pelo menos 195.036 pessoas foram declaradas curadas pelas autoridades de saúde norte-americanas.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Reino Unido, com 31.241 mortes e 211.364 casos, a Itália com 30.201 óbitos (217.185 casos), a Espanha, com 26.299 mortes (222.857 casos) e a França com 26.230 mortos (174.791 casos).

Entre os países mais atingidos, a Bélgica mantém o maior número de mortes em comparação com a sua população, com 74 óbitos por cada 100.000 habitantes, seguida por Espanha (56), Itália (50), Reino Unido (46) e França (40).

A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau), contabilizava esta sexta-feira oficialmente um total de 82.886 casos (1 novo entre quinta-feira e esta sexta-feira), incluindo 4.633 mortes (0 novas) e 77.993 curas.

A Europa totalizava às 19h TMG desta sexta-feira, 153.690 mortes em 1.681.558 casos, os Estados Unidos e o Canadá 80.754 mortes (1.338.087 casos), a América Latina e Caribe 17.520 mortes (324.309 casos), a Ásia 10.163 óbitos (277.011 casos), o Médio Oriente 7.423 mortes (212.644 casos), África 2.105 mortes (54.944 casos) e a Oceânia 125 mortes (8.245 casos).

Esta avaliação foi realizada usando dados coletados pelos escritórios da AFP junto das autoridades nacionais competentes e informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A AFP alerta que devido a correções pelas autoridades ou a publicação tardia dos dados, os valores de aumento de 24 horas podem não corresponder exatamente aos publicados no dia anterior.

Portugal, com 1.114 mortes registadas e 27.268 casos confirmados é o 22.º país do mundo com mais óbitos e o 21.º em número de infeções.