Um homem de 55 anos começou a tossir e a sentir-se mal este sábado, quando o autocarro em que viajava, com destino a França, se aproximava de Bragança. Como os sintomas eram condizentes com a Covid-19, o motorista, que transportava cerca de 20 passageiros no total, contabilizam os jornais locais, resolveu pedir a ajuda dos bombeiros.

Parado na estrada desde as 19h, o autocarro acabou por ser escoltado pela PSP já durante a noite até ao hospital de Bragança, onde o passageiro foi testado para o novo coronavírus e deu positivo. Os restantes passageiros, noticiou o Diário de Trás-os-Montes ao início da madrugada, também foram avaliados.

De acordo com o semanário Mensageiro de Bragança, o homem, que viajava de máscara, ficou internado. Os restantes passageiros ficaram a saber, pelas 4h, que o autocarro não seguiria viagem e tinha ordem para regressar a Lisboa. “Um dos passageiros ficou em vigilância ativa e os outros em autovigilância”, disse uma fonte das autoridades de saúde local ao jornal.

De acordo com a mesma fonte, as distâncias entre os passageiros, dentro do autocarro que iam em trabalho, foram cumpridas durante a viagem.

Outro autocarro, da mesma empresa e igualmente com destino a França, também regressou entretanto a Lisboa, com os 18 passageiros que transportava. Já estava em Espanha, quando recebeu ordem para voltar.