As aulas para os alunos do primeiro ao sexto ano recomeçam, de forma faseada, até ao dia 1 de junho, depois de cerca de três meses suspensas devido à pandemia da Covid-19, anunciou esta segunda-feira o governo do território.

Esta decisão surge no dia em que as aulas recomeçaram para os alunos do sétimo ao nono ano e uma semana depois de terem arrancado as aulas para os alunos do ensino secundário.

No dia 25 de maio recomeçam as aulas para os alunos do quarto ao sexto ano. No dia 1 de junho arrancam as aulas para as crianças do primeiro ao terceiro ano, indicou o governo de Macau, durante a conferência de imprensa diária sobre a Covid-19.

“Vamos adotar medidas flexíveis”, como as faltas justificadas, sublinharam as autoridades.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Já em relação às aulas do ensino infantil e especial, os responsáveis de educação do território admitiram que podem não recomeçar neste ano letivo.

Na mesma conferência de imprensa, as autoridades de Macau indicaram que esta segunda-feira se cumprem 33 dias sem novos casos confirmados da Covid-19 e do total de 45 infetados desde que o surto começou apenas três continuam em tratamento, após mais uma alta hospitalar.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 280 mil mortos e infetou mais de quatro milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de 1,3 milhões de doentes foram considerados curados.