O Governo de Macau anunciou esta segunda-feira que vai “partilhar com o público uma multiplicidade de recursos culturais de Macau através da Internet” para assinalar o Dia Internacional dos Museus, com comemorações diferentes este ano devido à Covid-19.

“No dia 18 de maio, o Museu de Macau e o Museu de Arte de Macau, sob a égide do Instituto Cultural (IC), não deixarão de comemorar o Dia Internacional dos Museus, propondo-se a partilhar com o público uma multiplicidade de recursos culturais de Macau através da Internet”, apontaram em comunicado as autoridades do território.

No sábado, o Museu de Arte de Macau (MAM) promove, através da sua página do Facebook, um workshop que ensinará as pessoas a criarem um candeeiro de mesa com treliça. “Após partilhar o vídeo do ‘workshop’ nas redes sociais, os interessados poderão levantar pessoalmente um kit de montagem de um candeeiro de mesa com treliça da exposição temática do Museu do Palácio junto da receção do MAM, nos dias 16 e 17 de maio. Estarão disponíveis 60 kits, sendo os mesmos distribuídos por ordem de chegada”, lê-se na mesma nota.

No dia seguinte, o Museu de Macau transmite, também através do Facebook, uma exposição intitulada ‘Uma Pérola do Mar — Exposição Dedicada à Evolução Urbana de Macau, que conta “a história por trás de cada peça exibida na mostra e permitindo ao público ficar a conhecer a exposição sem ter de sair de casa”. As duas atividades serão realizadas em cantonense.

Este ano, o Dia Internacional dos Museus 2020, que se assinala oficialmente do dia 18 de maio, será dedicado ao tema “Museus para a Igualdade: Diversidade e Inclusão”.

Macau cumpre esta segunda-feira 33 dias sem novos casos confirmados da Covid-19 e do total de 45 infetados desde que o surto começou apenas quatro continuam em tratamento.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 280 mil mortos e infetou mais de quatro milhões de pessoas em 195 países e territórios.