A necessidade da Audi de se apresentar no mercado com um SUV eléctrico antes das suas rivais BMW e Mercedes levou a marca dos quatro anéis a encontrar uma solução híbrida, ou seja, um veículo concebido para montar motores a combustão, adaptado pera receber um generoso pack de baterias e dois motores eléctricos. Assim nasceu o primeiro e-tron.

Com o segundo SUV do construtor germânico, a conversa promete ser outra. Já com a fábrica de Ziwckau a funcionar, aquela que foi transformada para produzir exclusivamente os veículos eléctricos do Grupo, e com a plataforma MEB (específica para modelos alimentados por bateria) já devidamente desenvolvida, a Audi pode agora avançar para o Q4 e-tron, o seu primeiro SUV eléctrico concebido de raiz.

4 fotos

A plataforma MEB torna-o parente directo do VW ID.3 e de outros SUV do Grupo, do VW ID.4 ao Cupra Tavascan. Mas esta partilha permite-lhe igualmente reduzir os custos de forma dramática, o mesmo acontecendo com as baterias, que o conglomerado alemão adquire cada vez em maior quantidade.

Originalmente, como todos os que dependem da MEB, o Q4 e-tron está concebido como um tracção atrás, podendo montar um segundo motor à frente para usufruir de tracção às quatro rodas. Com 4,59 m de comprimento total, o Audi vai beneficiar de 2,77 m de distância entre eixos, uma das maiores permitidas pela MEB, o que facilita a instalação de packs de baterias até 82 kWh de capacidade bruta, 77 kWh útil, recarregável a 125 kW.

2 fotos

Segundo a Autozeitung, os dois motores eléctricos somam 306 cv (75 kW à frente e 150 kW atrás), com o Q4 e-tron a anunciar 450 km de autonomia na versão mais potente, com a bateria maior e tracção 4×4, sendo que o consumo pode baixar nas versões que montam baterias mais pequenas e mais leves e tracção só atrás.

O novo SUV eléctrico deverá ser proposto por valores que podem começar entre 40.000€ e 45.000€, ou seja, ligeiramente mais caro do que o VW ID.4, previsto para valores a partir de 39.000€. Deverá chegar a Portugal no 2º trimestre de 2021, assumindo-se como um SUV com espaço para cinco que oferece mais autonomia do que o e-tron 55 quattro, exigindo metade do investimento.