Não deve ter sido alvo de uma discussão particularmente acalorada a decisão de atribuir ao Tesla Model X o estatuto de veículo oficial da NASA para o próximo voo em direcção à Estação Espacial Internacional (EEI). Tudo porque este primeiro voo em que os astronautas americanos voltam a descolar dos EUA em direcção à EEI – o que não acontecia desde 2011 –, vai ser realizado a bordo de um foguetão Falcon 9 e da cápsula Crew Dragon, ambos operados e pertença da SpaceX que, tal como a Tesla, é controlada por Elon Musk.

A viagem espacial deverá realizar-se a 27 de Maio, caso as condições meteorológicas o permitam, sendo a primeira vez que os astronautas americanos voltam a voar a bordo de uma nave americana e a descolar dos EUA, o que não acontece desde que o Space Shuttle foi descontinuado. Se até aqui os pilotos têm sido transportados em foguetões russos, agora passam a voar em aparelhos da SpaceX, respectivamente o foguetão Falcon 9 e a cápsula Crew Dragon, a variante de passageiros da cápsula que tem sido mais usada nos últimos anos para transitar carga de e para a EEI.

4 fotos

O Falcon 9 é dos foguetões mais utilizados nos últimos anos, para visitar a estação espacial e lançar satélites, enquanto a Crew Dragon vai voar pela primeira vez com seres humanos a bordo, depois de já ter sido aprovada após um batalhão de testes, o que incluiu um voo à EEI mas sem ninguém a bordo.

Bob Behnken e o Coronel Doug Hurley são os astronautas de serviço e a última viagem na Terra, em direcção à rampa de lançamento, será realizada a bordo de um Model X, o SUV da Tesla que ganhou o estatuto de carro oficial da NASA. Nesta viagem, os astronautas vão viajar no Tesla já equipados com o volumoso fato espacial, que depois usarão durante o voo. Esta animação da NASA explica tudo em pormenor: