aqui lhe falámos do modelo que marca a estreia da Mazda na mobilidade 100% eléctrica, o novo MX-30, uma proposta de estética muito apelativa e diferenciada, que procura cativar os amantes de SUV – tão só uma das carroçarias mais procuradas e com tendência de crescimento. Agora, aproveitando o facto de se ter iniciado a sua produção na fábrica de Ujina Nº1, em Hiroshima, a marca avança preços entre 34.535€ e 39.755€ e como será composta a gama no nosso país.

Vai haver quatro níveis de equipamento: o First Edition, com conteúdos específicos para o lançamento, a que se juntam os já tradicionais Excellence, Excellence Pack Plus e Excellence Pack Plus com Pack Premium e tejadilho de abrir eléctrico, sendo que os atributos tecnológicos, de segurança, de conforto e até mesmo de design vão sendo sucessivamente incrementados pela ordem descrita. Os interessados já podem configurar o seu MX-30 ou ver quais os conteúdos de cada versão no site da marca, com esta a agendar, para o início do próximo Outono, o lançamento oficial na sua rede de concessionários.

8 fotos

Com exactamente as mesmas dimensões do CX-30, em comprimento (4,395 m), largura (1,795 m) e distância entre eixos (2,655 m), o MX-30 é apenas 3 cm mais alto do que o “mano” a combustão, pela necessidade de alojar um pack de baterias com 35,5 kWh, responsável por alimentar o motor eléctrico de 107 kW (145 cv), potência que é transmitida às rodas dianteiras.

A capacidade relativamente acanhada do acumulador acaba por reflectir-se numa autonomia aproximada de 200 km, em ciclo combinado, de acordo com a actual norma WLTP. Contudo, com esta autonomia e o preço anunciado, o MX-30 posiciona-se como um competitivo adversário de modelos como o Mini Cooper SE ou Honda “e”. Este último arranca nos 36.000€ com bateria de 35,5 kWh e motor de 136 cv, anunciando uma autonomia máxima de 222 km. Já o Mini conta com um acumulador de 32,6 kWh (de capacidade total, porque úteis são apenas 28,9 kWh) e tem preços a partir de 34.400€.