Obrigado por ser nosso assinante. Usufrua de leitura ilimitada deste e de todos os artigos do Observador.

A Bolt (antiga Taxify), uma das plataforma de TVDE (transporte individual e remunerado de passageiros em veículos descaracterizados) a operar em Portugal, fechou uma ronda investimento de 100 milhões de euros. O montante foi investido pelo fundo britânico Naya Capital Management.

Em comunicado, a empresa afirma que quer continuar a expansão dos serviços na Europa e em África tanto no mercado de TVDE como na “distribuição de alimentos”. Mesmo com a pandemia, a Bolt tem anunciado novas apostas, como o Bolt Food, para distribuição de alimentos, e o Bolt Business Delivery, para entregar para empresas.

App de transporte Bolt lança serviço de entregas para empresas

Embora a crise tenha mudado temporariamente a forma como nos movemos, as tendências de longo prazo que impulsionam a procura de soluções de mobilidade, como a redução do número de carros pessoais ou a mudança para transportes mais ecológicos, continuam a crescer”, diz Markus Villig, presidente executivo e cofundador da Bolt.

De acordo com Villig, este “apoio dos investidores” vai permitir apoiar a sua  “visão de longo prazo e não entram nos gastos irracionais que se tornaram tão comuns em Silicon Valley“. “Estou mais confiante do que nunca de que a nossa eficiência e localização são uma vantagem fundamental nesta indústria de serviços baseada na demanda. Isto permite-nos continuar a oferecer um transporte acessível a milhões de clientes e mais lucro para os nossos parceiros no mundo pós-COVID-19”, diz ainda o executivo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Estamos muito satisfeitos por ter a oportunidade de investir na Bolt nesta fase da história de crescimento da empresa. Sob a liderança de Markus, a Bolt estabeleceu-se como um dos participantes mais competitivos e inovadores da mobilidade global”, diz Masroor Siddiqui, presidente executivo da Naya Capital Management

A Bolt foi criada na Estónia e contava, até março, com cerca de 30 milhões de clientes em mais de 35 países em todo o mundo. A empresa está em Portugal desde janeiro de 2018 e concorre, além dos táxis, com com a Uber e a Kapten. Esta plataforma de TVDE está presente em Lisboa, Porto, Braga, Aveiro, Guimarães, Coimbra, Águeda, Figueira da Foz, Matosinhos e Vila Nova de Gaia, no Estoril, Cascais, Ericeira, Setúbal, Alverca do Ribatejo e Algarve.