A segunda geração do Countryman foi alvo da devida actualização a meio do ciclo de vida, com o fabricante britânico a concentrar-se mais na tecnologia colocada ao dispor do cliente do que nas mudanças a nível da imagem.

O SUV mantém a popular estética que o torna imediatamente reconhecível, com as alterações a fazerem-se essencialmente notar por via da luz. À frente, os para-choques foram actualizados mas o que mais salta à vista são os grupos ópticos em LED, que mantêm a forma mas mudam o desenho interior. Atrás, também os farolins têm uma nova “arrumação” das luzes, a evocar a bandeira Union Jack. Há novos desenhos para as jantes, que vêm de série com 16 ou 17 polegadas, novas cores para a carroçaria e também muitas opções de personalização, como sempre através do programa Mini Original Accessories (galeria abaixo).

9 fotos

A gama de motores, com potências que vão dos 102 aos 220 cv, continua a contar com três e quatro cilindros, mas agora com as devidas alterações para que o SUV britânico de 3,4 metros de comprimento fique em conformidade com a norma de emissões Euro 6d. Isto significa que os motores a gasolina passam a estar equipados com filtro de partículas e a usufruir de uma melhor gestão térmica. Paralelamente, no motor de quatro cilindros da versão Cooper S, o colector de escape e o turbocompressor passam a estar integrados na cabeça do motor, para reduzir o tempo de resposta ao acelerador e optimizar a refrigeração. Simultaneamente, a pressão da injecção sobe de 200 para 350 bar.

Versão Potência 0-100 km/h Velocidade máxima
One Countryman 102 cv 12,0 seg 180 km/h
Cooper Countryman 136 cv 9,7 seg 205 km/h
Cooper Countryman ALL4 136 cv 10,1 seg 202 km/h
Cooper S Countryman 178 cv 7,5 seg 225 km/h
Cooper S Countryman ALL4 178 cv 7,3 seg 222 km/h
Cooper SE Countryman ALL4 220 cv 6,8 seg 196 km/h
One D Countryman 116 cv 11,2 seg 192 km/h
Cooper D Countryman 150 cv 9,1 seg 214 km/h
Cooper D Countryman ALL4 150 cv 9,0 seg 211 km/h
Cooper SD Countryman 190 cv 7,9 seg 226 km/h
Cooper SD Countryman ALL4 190 cv 7,6 seg 224 km/h

A gasóleo, a novidade passa pelo SCR com AdBlue (injecção de ureia), enquanto o híbrido plug-in da gama, o denominado Cooper SE Countryman All4, vê a potência combinada do motor a gasolina e dos dois motores eléctricos baixar de 224 cv para 220 cv, com a vantagem de a autonomia em modo zero emissões saltar dos anteriores 46 km para 55 km, sendo a energia fornecida por um acumulador de 10 kWh.

18 fotos

No interior, o que mais se evidencia é o tradicional painel de instrumentos, que pode agora ser substituído por um display digital de 5 polegadas. Também opcionalmente, há a possibilidade de trocar o sistema multimédia standard, que inclui um ecrã táctil a cores de 8,8 polegadas, pelos mais avançados Connected Media e Connected Navigation Plus, este último com navegação, como o nome indica. De resto, de série, há ainda que contar com volante revestido a pele e banco do passageiro ajustável em altura.