A Autoridade Marítima Nacional anunciou esta sexta-feira que foi encontrado um corpo no rio Tejo, na zona de Santa Apolónia, em Lisboa.

O corpo, de uma mulher, foi “removido pelas 15h30” e encaminhado para o Instituto de Medicina Legal, adiantou à Lusa fonte da autoridade marítima.

Segundo noticiaram alguns órgãos de comunicação social, as autoridades confirmam tratar-se do corpo de uma jovem estudante de psicologia, de 23 anos, assassinada por um colega há uma semana.

A Polícia Judiciária (PJ), que está a investigar o caso, avançou em comunicado, na quinta-feira, que deteve um homem, de 25 anos, “por fortes indícios da prática de um crime de homicídio”.

A PJ recorda na mesma nota que o crime ocorreu no passado dia 22 de maio, “vitimando uma mulher, de 23 anos, colega do presumível autor, a qual se encontrava desaparecida desde então”.

“A Polícia Judiciária prossegue as diligências investigatórias e apresentará o detido a primeiro interrogatório judicial, no qual será sujeito à aplicação das medidas de coação processual adequadas”, é ainda referido.