A missão da SpaceX até à Estação Espacial Internacional terá um momento especial para os portugueses. No percurso do módulo Dragon até ao laboratório espacial, ambas as aeronaves passarão por cima do país e poderão ser vistas como dois pontos de luz a atravessar o céu.

Tudo o que precisa de fazer é olhar para sul, junto ao horizonte, por volta das 22h até às 22h30 e, numa segunda oportunidade de observação, entre as 23h30 e a meia-noite — tudo depende do concelho em que mora. A Estação Espacial Internacional será a primeira a passar mas, minutos depois, o Dragon aparecerá no céu.

Claro que, tal como aconteceu com o lançamento da missão, as condições meteorológicas também podem dificultar esta noite noite de observação especial. Se tiver sorte — tal como a NASA e a SpaceX tiveram este sábado — poderá ver a primeira cápsula privada tripulada a caminho da Estação Espacial Internacional.

Para descobrir a que horas o Dragon e o laboratório espacial na sua cidade pode utilizar duas páginas. Uma chama-se Heavens Above, poder ser visitada aqui e é um site sem fins lucrativos que ajuda os curiosos do espaço a encontrar objetos voadores. Outro é o N2Yo e também ele consegue prever quando é que os satélites e outras aeronaves passarão na sua localização.

Os astronautas Bob Behnken e Doug Hurley viajam no módulo Dragon, que chegou ao espaço incorporada no nariz do Falcon 9. Deverá acoplar na Estação Espacial Internacional às 15h29 de domingo, 19 horas depois da descolagem.

“Liftoff!”. Missão histórica da SpaceX já descolou a caminho da Estação Espacial. Siga aqui

Esta missão é preponderante para o futuro da exploração espacial. Será a primeira vez desde 2011, há nove anos, que os Estados Unidos regressam aos voos tripulados a partir de solo americano e com tecnologia da casa. Desde a reforma do programa Space Shuttle que os astronautas com o selo da NASA apanham boleia dos russos até ao espaço em troca de 85 milhões de euros por lugar.

Além disso, se a missão for bem sucedida e acoplar corretamente na Estação Espacial Internacional, a SpaceX tornar-se-á na primeira empresa privada a viajar até ao laboratório espacial a 408 quilómetros de altitude em relação à Terra. Será um sinal importante que poderá solidificar o papel do investimento privado em planos de outra magnitude, como o regresso à Lua. E abrirá a possibilidade cada vez mais realista do turismo espacial.

À espera de Bob e Doug, o nome por que é conhecida a dupla de astronautas americanos, estão Chris Cassidy (EUA), Anatoly Ivanishin e Ivan Vagner (Rússia). O regresso dos astronautas ainda não está agendada, mas só deverá ocorrer dentro de um mês ou, no máximo, até ao final de setembro.