O distrito de Faro tem este domingo sete concelhos em risco máximo de incêndio, enquanto o distrito de Beja tem três com risco muito elevado, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em risco máximo de incêndio estão os concelhos algarvios de Monchique, Silves, Faro, São Brás de Alportel, Tavira, Alcoutim e Castro Marim.

Os restantes concelhos do distrito de Faro apresentam um risco muito elevado ou elevado e apenas Lagoa tem uma situação moderada. No distrito de Beja, os concelhos com risco muito elevado são os de Odemira, Almodôvar e Mértola.

Os restantes concelhos deste distrito apresentam um risco elevado ou moderado. Este risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo. Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Doze distritos de Portugal continental vão estar sob aviso amarelo hoje, entre as 11:00 e as 21:00, devido à previsão de trovoada, chuva forte e queda de granizo, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Bragança, Viseu, Porto, Guarda, Vila Real, Santarém, Viana do Castelo, Castelo Branco, Aveiro, Coimbra, Portalegre e Braga são os distritos que estão sob aviso amarelo.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA quando existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.