A dívida pública aumentou para 262,1 mil milhões de euros em abril, um valor recorde, segundo os dados divulgados nesta segunda-feira pelo Banco de Portugal (BdP).

O valor da dívida pública de abril é o mais alto desde 1995, o início da série estatística disponibilizada pelo banco central.

O valor de dívida pública de 262,056 mil milhões de euros em abril significa um aumento de 7,3 mil milhões de euros face a março, para o que contribuíram — segundo o Banco de Portugal — “essencialmente as emissões de títulos de 7,2 mil milhões de euros efetuadas em abril”, com destaque para a emissão sindicada de Obrigações do Tesouro no valor de 5 mil milhões de euros (realizada em 01 de abril).

Já a dívida pública líquida de depósitos aumentou 1,9 mil milhões de euros de março para abril, totalizando 237,1 mil milhões de euros em abril, devido aos ativos em depósitos terem aumentado em 5,3 mil milhões de euros.

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) anunciou, em final de março, reforço dos leilões de dívida de médio e longo prazo em 2020, num ajustamento do programa em resposta ao acréscimo de financiamento necessário para 2020 devido à pandemia da covid-19.

Comparando a dívida pública de abril com a registada no mesmo mês de 2019, o aumento homólogo foi de 5,4 mil milhões de euros.