Começa esta quarta-feira no Algarve com o Portimonense-Gil Vicente, viaja depois para o distrito de Braga onde o Famalicão recebe o FC Porto, prolonga-se por mais cinco dias até domingo tendo ainda o Benfica-Tondela, o V. Guimarães-Sporting e o Santa Clara-Sp. Braga (que apadrinha a estreia da Cidade do Futebol, em Oeiras). A Primeira Liga está de regresso para sete semanas e meia onde se realizam nove jornadas, estando ainda por saber como será na última (e possivelmente decisiva) ronda em que o FC Porto se desloca a Braga e o Benfica recebe na Luz o Sporting. Até lá, este é o calendário de todos os jogos do resto do nosso campeonato e quando, como e onde os vai poder ver.

Um calendário para ter disponível por estes dias:

Uma jornada importante para o terceiro lugar?

Na jornada ‘inaugural’ deste regresso, além do Famalicão-FC Porto desta quarta-feira, destaque para a deslocação do Sporting a Guimarães na quinta-feira e a do Sp.Braga aos Açores, que pode ser importante na luta pelo terceiro lugar. O Benfica parece ter um desafio tranquilo ao receber o Moreirense na Luz.

Marítimo com dois jogos no continente: defronta FC Porto e Sporting

A jornada inclui dois jogos do Marítimo no continente (joga com o FC Porto no Dragão na quarta-feira e com o Sporting na sexta em Alvalade) e uma deslocação do Benfica a Portimão. E não tem jogos no domingo.

Sem jogos ao fim de semana e duas deslocações traiçoeiras para FC Porto e Benfica

A 27.ª jornada disputa-se de segunda a sexta — sábado e domingo não há jogos, é um fim de semana livre de futebol — e tem duas deslocações que podem ser sempre traiçoeiras para Benfica e FC Porto. Os encarnados deslocam-se a Vila do Conde para defrontar o Rio Ave e os portistas vão a Vila das Aves.

Dois dérbis, um clássico de rivais e a estreia da Cidade do Futebol

Uma jornada com dois dérbis — o FC Porto defronta o Boavista no Dragão e o Belenenses recebe o Sporting na estreia dos relvados da Cidade do Futebol da FPF — e um clássico de grandes rivalidades — o Sp. Braga-V. Guimarães. O Benfica parece ter uma semana tranquila com a receção do Santa Clara na Luz.

Benfica vai à Madeira, FC Porto a Paços de Ferreira

É a jornada, a última de junho, que marca a primeira deslocação de um dos grandes à Madeira: o Benfica defronta o Marítimo na segunda-feira, 29, às 18h00. Mas o FC Porto também pode ter um jogo complicado em Paços de Ferreira. Na luta pelo terceiro lugar, o Sp. Braga joga em Vila do Conde com o Rio Ave e o Sporting recebe em casa o Gil Vicente.

Cidade do Futebol recebe Marítimo-Santa Clara

Uma jornada de sexta a domingo, que começa com um jogo entre os clubes das ilhas na Cidade do Futebol. Do resto, FC Porto e Benfica jogam em casa, com Belenenses e Boavista, enquanto o Sporting tem uma deslocação complicada a Moreira de Cónegos.

Mais duas deslocações que podem ser traiçoeiras para os da frente

Mais uma jornada em que os jogos fora de FC Porto e Benfica, que jogam ambos na quinta-feira, podem ser traiçoeiros, nas casas de Tondela e Famalicão. Já o Sporting parece ter vantagem na corrida com o Sp. Braga: recebe em Alvalade o Santa Clara, enquanto os bracarense se deslocam a Paços de Ferreira.

O primeiro jogo grande: há FC Porto-Sporting no Dragão

Um clássico, e o primeiro jogo grande deste final de campeonato atípico: o FC Porto recebe o Sporting na quarta-feira, dia 15, no Dragão. Qualquer perda de pontos pode ser decisiva na partida. Para ambos. O Benfica tem nesta jornada um adversário sempre complicado, o V. Guimarães, mas o jogo é na Luz.

Benfica vai a Vila das Aves antes de defrontar o Sporting

Dos três grandes, o Benfica pode ter talvez a jornada mais complicada com a deslocação a Vila das Aves, uma vez que estará proibido de perder pontos antes da jornada final em que defrontará o Sporting. O FC Porto recebe o Moreirense e o leões o V. Setúbal.

Há Benfica-Sporting: resta saber se será ou não decisivo

A jornada final ainda não tem datas nem horas, mas já se sabe que termina com o dérbi Benfica-Sporting. Um jogo que poderá ser decisivo para a atribuição do título. Deende do que até lá fizerem os portistas e os benfiquistas.