O número de desempregados inscritos nos centros de emprego mais do que duplicou em abril, face ao mesmo mês do ano passado, em 74 municípios portugueses, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) esta sexta-feira divulgados.

“Em Portugal continental efetuaram-se 0,4 novas colocações de emprego com candidatos apresentados pelos centros de emprego por mil habitantes em idade ativa (15-64 anos)”, afirma o INE num documento que esta sexta-feira divulgou com um conjunto de indicadores de contexto e de impacto socioeconómico da pandemia de Covid-19 no país.

Este valor, segundo o Instituto, representa “menos de metade do registado no mês anterior (0,9)”.

A Área Metropolitana de Lisboa (0,11), o Algarve (0,14) e o Norte (0,35) apresentaram um número de colocações de emprego por mil habitantes em idade ativa inferior à referência do continente.

Em abril, registou-se uma diminuição do valor deste indicador face ao período homólogo, nas cinco regiões NUTS (Nomenclatura de Unidades Territoriais para Fins Estatísticos) II do continente, destacando-se a região do Algarve com uma variação de -96%.

No mesmo mês, registaram-se 10,2 novos desempregados inscritos em centros de emprego por mil habitantes entre os 15 e 64 anos, no continente, “correspondendo a um aumento de 19% face ao mês anterior”, refere o INE.

O Algarve (20,8) destacou-se com o maior número de novos desempregados por mil habitantes entre as cinco regiões do continente. Também com valores acima da referência nacional, ficou a Área Metropolitana de Lisboa (10,8).

“Em abril de 2020, verificou-se para o continente e para as respetivas cinco regiões NUTS II, um aumento do número de desempregados por mil habitantes em idade ativa, face ao mesmo mês no ano anterior, destacando-se com os maiores aumentos as regiões do Algarve, onde o valor quase que quadruplicou, e da Área Metropolitana de Lisboa, onde o valor mais do que duplicou”, observaram os técnicos do INE.

Em 204 dos 278 municípios do continente, o número de inscritos em centros de emprego ao longo do mês de abril de foi “superior ao mesmo fluxo no período homólogo”.

Deste conjunto, o INE destacou 74 municípios, localizados maioritariamente nas regiões do Algarve (14 num total de 16), do Alto Minho (9 em 10) e da Área Metropolitana de Lisboa (9 em 18) por apresentarem, em abril, “um fluxo de desempregados mais de duas vezes superior ao registado no mesmo mês do ano anterior”.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como pandemia em 11 de março.

Portugal contabiliza pelo menos 1.465 mortos associados à Covid-19 em 33.969 casos confirmados de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Relativamente ao dia anterior, há mais 10 mortos (+0,7%) e mais 377 casos de infeção (+1,1%).

O número de pessoas hospitalizadas subiu de 445 para 475, das quais 64 se encontram em unidades de cuidados intensivos (mais seis).