Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Por Aarhus não há muita gente a fazer a associação a um clube de futebol, por Aarhus Gymnastikforening ainda menos. Pois bem, uma breve apresentação para explicar o contexto: trata-se de um dos clubes mais antigos da Dinamarca, nascido em 1880, ganhou cinco vezes o Campeonato, tem também nove Taças (um recorde no plano nacional). No entanto, e apesar dos 140 anos, é tudo menos antiquado: com o regresso do futebol à porta fechada, os De Hviie (alcunha pelo qual são mais conhecidos) vendeu cerca de 10 mil passes entre adeptos e criou uma tribuna virtual por onde iam passando imagens dos fãs em casa a torcer via Zoom. Não foi suficiente, porque a equipa acabou por perder com o Horsens, mas serviu para fazer notícia um pouco por todo o mundo.

Adeptos participam por Zoom no regresso da Liga dinamarquesa

Em dia de estreia em jogos da Primeira Liga, a Cidade do Futebol não quis falhar e vestiu-se a rigor para receber da melhor forma o Santa Clara. E isso foi visível em todos os pormenores, da bandeira grande dos Açores no centro do relvado durante o aquecimento ao poster na bancada central de Valquirio e Belchior, dois adeptos que torcem pelos insulares com um fato de uma vaca fazendo referência ao setor dos laticínios e que acabaram por ficar como uma imagem de marca. A isso juntaram ainda o pormenor da Bancada Virtual via Zoom nos ecrãs gigantes colocados no principal recinto do complexo, que iam mostrando as reações em casa dos adeptos durante o jogo.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.