A Polícia da República de Moçambique (PRM) abateu esta segunda-feira quatro supostos criminosos numa das principais avenidas da cidade de Maputo, informou hoje o porta-voz da corporação.

O grupo, que foi “abatido” ao início da noite na Avenida 10 de Novembro, fazia-se transportar numa viatura de marca Honda e, na sua posse, foram encontradas duas pistolas e uma AK-47, segundo Leonel Muchina, porta-voz da polícia na cidade de Maputo.

“Tivemos informações fidedignas que davam conta da circulação de uma quadrilha aqui na Baixa da cidade que tinha pretensões de cometer mais um ato ilícito”, declarou o porta-voz da PRM. Elementos da polícia seguiram os suspeitos e, quando foi abordado numa das principais avenidas da cidade, “o grupo abriu fogo contra a polícia”, acrescentou Muchina.

“E nesta perspetiva de reação foram todos abatidos os quatro”, afirmou o porta-voz da polícia moçambicana. Além da viatura em que seguiam os quatro suspeitos abatidos, com idades entre 25 e 35 anos, segundo a polícia, havia uma segunda viatura que conseguiu escapar.

“Os quatro eram criminosos e já tinham passagem pela polícia. Já fazíamos seguimentos destes indivíduos e agora decorrem ações para encontrar os que fugiram”, adiantou.

A viatura em que o grupo seguia foi alvejada com mais de 20 tiros, na mesma avenida onde ficam os ministérios da Economia e Finanças e dos Negócios Estrangeiros e Cooperação.