O valor das acções da Tesla superou os 1000 dólares, atingindo o recorde de 1025,05$, o que permitiu finalmente ao construtor norte-americano especializado em veículos eléctricos superar o Grupo Toyota e tornar-se no construtor com maior capitalização bolsista. O fabricante gerido por Elon Musk passa assim a exibir um valor de 181,20 mil milhões de dólares (quando o valor era de 976,96$ o título), saltando para a liderança ao ultrapassar as marcas aglomeradas sob a insígnia da Toyota [Toyota, Lexus, Daihatsu, Subaru (20%), Hino (50,1%), Isuzu (6%), Aisin (23%) e Denso (25%), entre outras participações].

2 fotos

O valor em bolsa de uma empresa tem menos a ver com a realidade – volume de negócios, facturação e lucros –, sendo muito mais influenciado pelo seu potencial num futuro próximo. Daí que construtores de automóveis que contam com numerosas fábricas e volumes de vendas anuais superiores a 10 milhões de veículos sejam ultrapassados por fabricantes substancialmente mais jovens e que transaccionavam menos de um milhão de modelos. Tudo porque os investidores acreditam que o carácter inovador da empresa, ou a sua capacidade tecnológica, lhe vai permitir crescer e valorizar-se a um ritmo superior, o que verdadeiramente interessa para quem investe em acções.

Analisando a tabela que publicamos acima, a Tesla é a marca mais valiosa, com um valor de 181,20 mil milhões de dólares, seguida pela Toyota (172,90), Volkswagen (79,11), Honda (44,93), Daimler (42,70), Ferrari (40,70), BMW (40,60), General Motors (37,91), Saic (29,85) e Ford (24,48). Para se ter uma ideia do crescimento da Tesla, é bom recordar que foi em Outubro que bateu a Ford e a GM, quando ultrapassou a fasquia dos 300 dólares por acção, que entretanto mais do que triplicou em apenas oito meses. Musk acolheu a boa notícia sobre a liderança da Tesla com este tweet (abaixo), já durante o período da tarde, quando o valor das acções de todos os fabricantes era superior.

O fabricante norte-americano, que ontem viu as suas acções serem transaccionadas a 1025,05 dólares, tinha os títulos cotados a 250,69$ a 12 de Junho de 2015. Enquanto a Tesla multiplicou o valor das suas acções por quatro, a Toyota caiu de 78,55$ (8394 ienes) para 64,62$ (6905 ienes) nos mesmos cinco anos, enquanto a Volkswagen baixou de 213,40€ para 132,42€ no mesmo período.