A Austrália vai permitir a entrada até um máximo de 10.000 espetadores em alguns recintos desportivos a partir de julho, cumprindo a terceira fase de redução do confinamento imposto devido à pandemia de Covid-19, anunciou esta sexta-feira o governo. Desde o início da pandemia de Covid-19, o país registou 7.285 casos confirmados de infeção e 102 mortos, preparando-se para retomar as competições de râguebi em 3 de julho.

“Vamos permitir a presença de 10.000 pessoas em estádios e outros recintos desportivos com capacidade máxima para 40.000 espetadores”, anunciou o primeiro-ministro, Scott Morrison, em conferência de imprensa.

O governante explicou que a medida limitará a ocupação dos recintos a 25% e não inclui, para já, espaços com capacidade superior a 40.000 lugares.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 418 mil mortos e infetou mais de 7,4 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.