Um maquinista da CP – Comboios de Portugal sofreu este sábado ferimentos ligeiros, depois de um grupo de jovens apedrejarem a composição que manobrava, no apeadeiro do Suzão, em Valongo, adiantou à Lusa fonte da PSP do Porto.

Contudo, o maquinista prosseguiu viagem até à estação seguinte, em Ermesinde, distrito do Porto, onde acabou por ser assistido pelos bombeiros locais, referiu a mesma fonte.

A vítima foi levada para o Hospital de São João, no Porto, com ferimentos ligeiros, revelou à Lusa fonte dos bombeiros.

A Polícia de Segurança Pública revelou ter estado no local a tomar conta da ocorrência, mas não conseguiu identificar os autores do apedrejamento.

“Este tipo de situações não é nova, infelizmente, os jovens atiram pedras aos comboios e fogem”, explicou a fonte policial.