A transportadora aérea SATA retoma esta segunda-feira as ligações entre o continente português e as ilhas de São Miguel e Terceira, deixando a TAP de ser a única companhia a fazer ligações para o arquipélago no atual cenário de pandemia.

A partir desta segunda-feira, indicou o Governo Regional enquanto acionista da SATA, são retomadas “as ligações aéreas de transporte de passageiros com o território continental português, de forma progressiva e gradual”, tendo sido fixado 15 de julho como a “data limite para a normalização” da operação para as ilhas de Santa Maria, Pico e Faial, que recebem também voos de Lisboa, ao abrigo das obrigações de serviço público.

Apesar do aumento esperado de viagens para os próximos tempos, o executivo açoriano vai manter a exigência de teste à Covid-19 à chegada ao arquipélago, até 1 de julho, mas nas ilhas de São Miguel e Terceira o resultado passará a ser conhecido em 12 horas.

Desde meados de maio que os Açores deixaram de exigir o cumprimento de quarentena obrigatória à chegada à região, sendo a medida substituída pela realização de testes à Covid-19, caso os passageiros não tivessem realizado um teste nas 72 horas anteriores ao embarque.

Os passageiros eram, no entanto, obrigados a aguardar pelo resultado numa unidade hoteleira indicada para o efeito, o que poderia demorar no máximo de 48 horas.

Até esta segunda-feira, as ligações aéreas de Lisboa para as ilhas de São Miguel e Terceira eram asseguradas apenas pela TAP, que nunca deixou de operar para a região mesmo no pico da Covid-19.

A Ryanair deve retomar a sua operação para os Açores também este mês.

Após a reabertura do espaço aéreo nacional, a Azores Airlines, do grupo SATA, deverá também “retomar as ligações aéreas internacionais, de forma progressiva e gradual”, em função da sua capacidade e da evolução da pandemia nos países de destino.

Os Açores vão colocar entretanto todas as ilhas com ligações aéreas ao exterior (São Miguel, Terceira, Pico, Faial e Santa Maria) em situação de calamidade pública, até 1 de julho.

Até à data foram detetados 147 casos de Covid-19 nos Açores, tendo 130 recuperado, 16 morreram e um voltado ao continente.