O Presidente da República recebeu hoje no Palácio de Belém dirigentes do Conselho Nacional de Juventude (CNJ) e da Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ), com quem discutiu o impacto da pandemia de Covid-19 nos jovens.

Estas audiências foram divulgadas já depois da sua realização, numa nota publicada hoje à noite no portal da Presidência da República na Internet.

“O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, em duas audiências no Palácio de Belém, representantes de organizações do setor da juventude, com quem discutiu, separadamente, o impacto da presente situação de pandemia nos jovens, nos seus comportamentos e nas suas expectativas”, lê-se na nota.

A FNAJ esteve representada pelo presidente, Tiago Manuel Rego, e pela vice-presidente da sua direção, Cátia Camisão, e o CJN pela presidente, Rita Saias, e pelo vogal responsável pelas áreas da saúde, bem-estar e desporto, Lucas Chambel.

De acordo com a mesma nota, estes dirigentes “apresentaram ao Presidente da República as atividades que desenvolveram desde a eclosão da Covid-19” em Portugal e “as que têm previstas para os tempos próximos, com o objetivo de sensibilizar os jovens para a adoção de comportamentos social e sanitariamente responsáveis”.

A pandemia de Covid-19, doença provocada por um novo coronavírus detetado em dezembro do ano passado no centro da China, atingiu 196 países e territórios e fez mais de 438 mil mortos e infetou mais de oito milhões de pessoas a nível global, segundo um balanço da agência francesa AFP.

Em Portugal, onde os primeiros casos foram confirmados no dia 02 de março, morreram 1.522 pessoas num total de 37.336 contabilizadas como infetadas, de acordo com o boletim de hoje da Direção-Geral da Saúde (DGS).