A Polícia Judiciária (PJ) deteve três homens por suspeitas dos crimes de roubo qualificado, tráfico de armas e detenção de arma proibida, na sequência do assalto a um posto de abastecimento de combustível em Alenquer, foi esta quarta-feira anunciado.

Após uma investigação, a PJ apurou que os três detidos, entre os 19 e os 24 anos, entraram pelas 21h do dia 13 num posto de combustível daquele concelho do distrito de Lisboa, com uma arma de fogo, refere o comunicado.

No local, enquanto um deles obrigava a funcionária a entregar todo o dinheiro que se encontrava na caixa registadora, assim como os talões de jogo das raspadinhas, os restantes permaneceram nas imediações a vigiar.

No decurso das investigações, a PJ apreendeu a arma de fogo e os talões das raspadinhas.

Os detidos vão ser esta quarta-feira presentes a primeiro interrogatório judicial para lhes serem aplicadas as medidas de coação adequadas. A PJ está a investigar o eventual envolvimento dos suspeitos noutros crimes semelhantes.