Um ex-conselheiro de segurança nacional do atual Presidente dos EUA disse que Donald Trump “não é competente para o cargo”, numa entrevista para apresentar um livro de memórias a ser lançado na próxima semana.

Não acho que ele seja competente para o cargo. Eu penso que ele não tem as competências necessárias para exercer o seu trabalho”, disse John Bolton, ex-conselheiro da Casa Branca, num extrato divulgado esta quinta-feira de uma entrevista que a estação televisiva ABC vai emitir este fim de semana.

“Eu apenas lhe consigo perceber um único princípio norteador: o que é bom para a reeleição de Trump”, acrescentou o ex-conselheiro nacional do Presidente, que esteve na Casa Branca de abril de 2018 a setembro de 2019, de onde se demitiu após divergências com o líder norte-americano.

John Bolton, que acompanhou Donald Trump na primeira cimeira com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, disse que o Presidente norte-americano estava mais concentrado nas sessões fotográficas do que nas consequências desse encontro histórico.

A Casa Branca já reagiu às palavras do ex-conselheiro de segurança nacional. “John Bolton desacreditou-se”, disse a porta-voz da presidência dos EUA, Kayleigh McEnany, em depoimentos à cadeia televisiva Fox News.

Este homem elogiou o Presidente Trump por ser forte na política externa, por não cometer os mesmos erros da administração anterior”, lembrou McEnany.

O livro de John Bolton, intitulado “O quarto onde tudo aconteceu — um livro de memórias da Casa Branca”, vai ser lançado na próxima terça-feira, apesar das tentativas legais dos advogados de Trump para impedirem a sua publicação, alegando que a obra contém informações confidenciais.