A Volkswagen prepara-se para revelar os futuros Arteon e Arteon Shooting Brake a 24 de Junho. Mas eis que os chineses se anteciparam, colocando a circular fotos da carrinha de linhas fluidas, a novidade da gama. As duas versões do Arteon, berlinha e carrinha, serão fabricadas na Europa, EUA e China, mas os modelos destinados aos mercados asiáticos serão produzidos com plásticos a proteger os guarda-lamas e uma maior altura ao solo, numa espécie de versão Alltrack, que localmente será denominada CC Travel Edition.

3 fotos

As fotos, tiradas dentro da fábrica chinesa que a VW possui em parceria com fabricantes locais, confirmam que a Shooting Brake terá o mesmo comprimento da berlina Arteon (4,87 m) e a mesma distância entre eixos (2,84 m). A estratégia que levou à criação da Shooting Brake tem a ver com a maior popularidade da Passat Variant face à berlina, confirmando que as carrinhas são mais apetecíveis neste segmento.

Para evitar canibalização de vendas, a opção óbvia foi dotar a carrinha Arteon com linhas mais esguias e desportivas, afastando-a assim da Passat Variant, que será mais versátil e prática, deixando a Shooting Brake esgrimir também o argumento do espaço, mas com estilo e uma imagem mais rebuscada. Segundo o responsável pelo design da VW, Klaus Bischoff, “com o Arteon Shooting Brake criámos um novo equilíbrio entre velocidade, potência e espaço”.

As mecânicas poderão apresentar algumas diferenças entre as versões comercializadas na Europa, EUA e China, mas no Velho Continente a base será o motor 1.5 TSI de 150 cv, o 2.0 TSI de 272 cv, sendo igualmente de esperar uma nova versão do VR6, com 3 litros de capacidade e a desenvolver cerca de 400 cv. De recordar que este motor, apesar do maior número de cilindros, que ajuda a colocar o Arteon num patamar superior ao Passat, é extremamente compacto, alojando-se sem problemas num modelo pensado para receber apenas motores com quatro cilindros. A estes motores a gasolina o Arteon juntará unidades a gasóleo, o 2.0 TDI nas versões de 150 e 190 cv.