Um cidadão estrangeiro foi detido na sexta-feira pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), após mandado de detenção para extradição, emitido por Espanha, relacionado com crimes violentos, informou hoje o SEF.

O cidadão estrangeiro era procurado pela justiça espanhola para cumprimento de pena de prisão de quatro anos e meio pela prática de um crime de agressões agravadas, envolvendo violência doméstica.

O SEF apurou, entretanto, que o detido estava em Portugal acompanhado de um filho menor, de quatro anos, privado de ver a mãe há cerca de três meses.

“Após diligências encetadas pela Direção Regional do Algarve, com a colaboração das autoridades espanholas via Centro de Cooperação Policial e Aduaneira de Castro Marim e com a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Faro, foi possível, não só localizar o menor, como proceder à entrega da criança à mãe, residente em Espanha”, adianta o SEF.