A Polícia Judiciária (PJ) deteve um jovem de 17 anos suspeito da autoria de um crime de homicídio qualificado na forma tentada, ocorrido durante uma rixa entre dois alunos institucionalizados num colégio da Guarda, foi esta terça-feira anunciado.

Segundo um comunicado do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda, o crime ocorreu, no domingo, no interior de uma instituição de solidariedade social onde o detido e a vítima, um jovem de 18 anos, estão acolhidos.

De acordo com a PJ, o crime de homicídio qualificado na forma tentada foi “perpetrado ao início da noite de domingo, na sequência de uma rixa desencadeada por motivos fúteis entre dois alunos institucionalizados num colégio da cidade da Guarda”.

“Na evolução do confronto físico assim ocorrido entre ambos, a vítima, com 18 anos de idade, acabou por ser atingida na região dorsal esquerda com um golpe profundo de uma navalha então manuseada pelo detido, a qual foi, entretanto, recuperada e apreendida pela investigação”, adianta a nota.

A PJ da Guarda explica no comunicado enviado à agência Lusa que o detido é visto pela sua comunidade social mais próxima “como um jovem quezilento e muito atreito a atos de violência física, sendo, inclusive, também suspeito da prática de pequenos furtos e [de] abuso sexual de menor”.

O arguido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para eventual submissão às necessárias e mais adequadas medidas de coação, indica a fonte.