O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, nomeou esta quinta-feira o professor Carlos Alberto Decotelli da Silva para ministro da Educação do país, sucedendo no cargo a Abraham Weintraub, que saiu do governo na semana passada.

O anúncio foi feito pelo próprio chefe de Estado na rede social Facebook, onde partilhou uma foto sua ao lado do novo responsável pela pasta da Educação.

– Informo a nomeação do Professor Carlos Alberto Decotelli da Silva para o cargo de Ministro da Educação.- Decotelli é…

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Thursday, June 25, 2020

“Informo a nomeação do Professor Carlos Alberto Decotelli da Silva para o cargo de Ministro da Educação. Decotelli é bacaharel em Ciências Económicas pela UERJ [Universidade do Estado do Rio de Janeiro], mestre pela FGV [Fundação Getulio Vargas], doutor pela Universidade de Rosário, Argentina e Pós-Doutor pela Universidade de Wuppertal, na Alemanha”, escreveu o mandatário.

Decotelli da Silva substituiu assim Abraham Weintraub, que se demitiu do cargo ministerial na última quinta-feira, após várias polémicas que marcaram a sua gestão.

Ao longo do tempo em que integrou o governo de Jair Bolsonaro, Weintraub acumulou desavenças com reitores de universidades, estudantes e parlamentares, após ter decretado duros cortes na Educação, assim como causou problemas diplomáticos com a China e Israel. Mais recentemente, entrou em conflito com juízes do Supremo Tribunal federal (TSF), ao defender a prisão dos magistrados.

Weintraub deve agora assumir uma cargo na representação brasileira na direção do Banco Mundial, com sede em Washington, nos Estados Unidos da América.