Uma jornalista da CNN Brasil foi assaltada na manhã deste sábado enquanto fazia um direto em São Paulo. O assalto aconteceu enquanto o pivot Rafael Colombo dava informações sobre as zonas da cidade que estavam inundadas devido às chuvas que se fizeram sentir durante a madrugada. Bruna Macedo encontrava-se junto à Ponte das Bandeiras para mostrar no nível do rio Tietê e aguardava em frente à câmara o momento em que começaria o direto.

Foi nesse instante que o assaltante a abordou, aparecendo em frente à câmara, e a ameaçou com uma faca. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, o suspeito terá levado os dois telemóveis da jornalista. 

A emissão foi imediatamente cortada, tendo o pivot explicado, mais tarde, o que tinha acontecido. Rafael Colombo detalhou que “não deu para perceber logo na hora o que estava a acontecer”, se era, por exemplo, um sem-abrigo a passar. “Mas depois do que aconteceu, cortámos a imagem e ela explicou que foi roubada”, disse.

Segundo explicou o pivot, o suspeito ameaçou Bruna Macedo com uma faca e levou-lhe os dois telemóveis. “Ele ameaçou-a e ela entregou um telemóvel, mas ele sabia que ela tinha dois porque ela tem um pessoal e outro da empresa”, acrescentou. Rafael Colombo deixou ainda a garantia de que a jornalista “está bem”, “não sofreu nenhum tipo de ferimento”, embora tenha apanhado um “grande susto”.