Uma lista única, liderada por Mohamed Ikbal, concorre às eleições para a Comunidade Islâmica de Lisboa (CIL) que decorrem hoje, num ato eleitoral que marca o final de 33 anos de liderança do atual presidente, Abdool Vakil.

“Hoje é um dia histórico para a nossa comunidade, o nosso líder, o dr. Abdool Vakil, que esteve à frente da nossa comunidade durante 33 anos, vai passar o testemunho a um novo elenco”, adiantou à agência Lusa o presidente da assembleia de voto, Osman Ibrahim. O candidato único às eleições, Mohamed Ikbal, irá assumir um mandato para os próximos três anos.

O ato eleitoral para eleger os corpos gerentes da CIL está a decorrer na Mesquita Central de Lisboa até às 18:30, e é destinada a todos os membros daquela comunidade com as quotas em dia. Com uma lista única liderada por Mohamed Ikbal, para suceder a Abdool Vakil que liderou a CIL durante 33 anos, a tomada de posse está prevista para o próximo domingo, acrescentou Osman Ibrahim.

O responsável pelo ato eleitoral explicou que durante a manhã se tem verificado a “afluência esperada” devido aos receios da pandemia de covid-19, mas é esperada “uma maior afluência de associados durante a tarde”.

Osman Ibrahim sublinhou ainda que atualmente existem em Portugal 50 mil muçulmanos, cerca de sete mil em Lisboa.   A Comunidade Islâmica de Lisboa foi constituída em 1968 por um grupo de universitários muçulmanos, entre eles Abdool Vakil, que, na altura, se encontravam a estudar na capital portuguesa, oriundos das ex-províncias ultramarinas portuguesas.

A primeira solicitação de um terreno, feita à Câmara Municipal de Lisboa para a construção de uma Mesquita, foi em 1966, por uma comissão composta por cinco muçulmanos e cinco católicos, no entanto, só em setembro de 1977 foi cedido um terreno na avenida José Malhoa.

O lançamento da primeira pedra aconteceu em janeiro de 1979 e a inauguração da primeira fase de construção realizou-se em 29 de março de 1985. A Mesquita Central de Lisboa é um projeto dos arquitetos António Braga e João Paulo Conceição, e o seu imã é o xeque David Munir.