A Feira das Atividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira (FACECO), no litoral alentejano, prevista realizar-se entre 17 e 19 de julho, foi cancelada devido à pandemia de Covid-19, foi divulgado esta sexta-feira.

De acordo com a Câmara Municipal de Odemira, no distrito de Beja, entidade organizadora do certame, o ano de 2020 “seria marcado” pela 30.ª edição da FACECO, mas, face à situação de pandemia e às restrições para minimizar o seu impacto, o evento não irá realizar-se.

“Esta decisão foi tomada em articulação com as várias entidades que são parceiras na organização da FACECO e tem por base a preocupação com a salvaguarda da saúde pública, para garantir a segurança e evitar riscos de contágio”, justificou o município, em comunicado enviado à agência Lusa.

O evento reúne anualmente, no parque de feiras e exposições de São Teotónio, centenas de expositores e milhares de visitantes, que encontram no recinto as mais diversas atividades nas áreas da pecuária, agricultura, artesanato, turismo, cultura, desporto, gastronomia e um programa de animação.

O certame é organizado em parceria com a Junta de Freguesia de São Teotónio, Associação de Criadores Limousine, Associação de Criadores da Cabra Charnequeira, Associação para o Desenvolvimento da Estação de Apoio à Bovinicultura Leiteira, Associação de Criadores de Porco Alentejano e Associação de Apicultores do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.

Sem adiantar datas para a regresso do evento, a autarquia refere que a FACECO “voltará a ser organizada e a constituir ponto de encontro, de negócio e de convívio, no respeito pelas condições de segurança”.