O átrio Sul da estação de metro da Praça de Espanha vai estar fechada a partir desta sexta-feira por um período estimado de oito meses, devido às obras relativas ao Parque Urbano da Praça de Espanha, foi anunciado.

Em comunicado, o Metropolitano de Lisboa avança que durante este período temporário o acesso à estação irá fazer-se através do átrio Norte, situado junto à Av. Columbano Bordalo Pinheiro.

As obras no local, a cargo da Câmara Municipal de Lisboa, implicam a demolição do acesso norte do átrio Sul da estação da Praça de Espanha do metro, e sua posterior reconstrução num novo alinhamento (este/oeste).

Desta forma, de acordo com o metro, o acesso irá permitir “servir melhor os clientes que provêm ou que pretendem utilizar a futura paragem dos autocarros urbanos da Av. Columbano Bordalo Pinheiro e o acesso das pessoas ao Instituto Português de Oncologia (IPO), passando a estar integrado no novo arranjo à superfície do Parque Urbano”.

Segundo o metro, a entrada do acesso sul do átrio Sul também será alvo de uma reabilitação, com vista à sua integração paisagística no novo arranjo à superfície do Parque Urbano, mantendo-se a localização e alinhamento atuais do acesso.

Essa entrada continuará, igualmente, a servir o interior do Parque Urbano e garantirá a ligação à futura ponte pedonal com origem na Av. António Augusto de Aguiar/Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian, que se alinhará geograficamente com este acesso.

Também a estação será alvo de um projeto de reabilitação que visa a sua melhoria, adequando-a aos padrões de mobilidade e de acessibilidade atuais, bem como a sua integração paisagística no novo arranjo à superfície do futuro Parque Urbano.