A taxa de poupança das famílias na zona euro subiu 4,2 pontos percentuais para os 16,9% no primeiro trimestre do ano, o maior aumento desde o início da série, em 1999, divulga esta sexta-feira o Eurostat.

No trimestre em que começaram a ser adotadas medidas de confinamento por causa da pandemia da Covid-19, a taxa de poupança das famílias avançou para os 16,9%, face aos 12,7% dos últimos três meses de 2019 e aos 13,0% do período homólogo.

Por seu lado, a taxa de investimento das famílias na zona euro recuou para os 8,7% nos primeiros três meses de 2020, face aos 9,1% do trimestre anterior e também do homólogo.