A PSP travou uma corrida ilegal que juntou mais de 2.500 pessoas e 1.200 automóveis na noite de sexta-feira e madrugada de sábado, junto à zona industrial da Barosa, em Leiria. Três pessoas foram detidas por não terem carta de condução e 42 viaturas apreendidas por alteração de características.

Foram ainda aplicadas 22 multas por infrações ao código da estrada e consumo de drogas e outras 26 pelo incumprimento das regras de prevenção da propagação da Covid-19. À Rádio Observador, o comissário Maciel Rocha adianta que serão colocadas lombas de redução de velocidade naquele local, conhecido pela realização de corridas ilegais.

Como a PSP travou uma corrida com 2500 pessoas

A megaoperação da PSP chama-se “Drift” e implicou a fiscalização de 1.200 viaturas por mais de 100 polícias do comando distrital de Leiria, com a colaboração do comando de Santarém e de Coimbra, e da unidade de especial de polícia. As corridas são “uma situação recorrente”, diz o comissário, acrescentando que a PSP já tinha recebido “reclamações de ruído”.

“Estamos atentos a essa situação e caso se justifique iremos desenvolver mais ações neste âmbito”, garantiu o comissário. Maciel Rocha também adiantou que, após “conversações com a Câmara Municipal”, serão colocadas naquele local lombas de redução de velocidade na próxima semana.