Mais de 400 pessoas tiveram de ser retiradas de uma aldeia costeira nas Filipinas, depois de cerca de 250.000 litros de petróleo terem sido derramados para o mar, após uma explosão de um barco gerador de energia.

“O fedor era tão mau que tivemos de deslocar as pessoas para duas escolas e ontem à noite houve um pedido para um terceiro local de evacuação”, disse esta segunda-feira o presidente da Câmara Municipal de Iloilo, Jerry Trenas, à agência de notícias Associated Press (AP).

O derrame começou na sexta-feira, após uma explosão na embarcação. Não foram relatados quaisquer feridos. O acidente não afetou o fornecimento de energia elétrica à cidade comercial de cerca de meio milhão de pessoas, já que a localidade tem outras fontes de energia, disse Trenas.

A guarda costeira disse que estava a investigar e que podem vir a ser apresentadas acusações contra os proprietários da embarcação.