O município de Mafra, no distrito de Lisboa, recomendou esta segunda-feira o uso de máscara em vias e espaços públicos do concelho para evitar o contágio pelo novo coronavírus, sobretudo em locais mais turísticos e mais frequentados.

recomenda fortemente o uso de máscara em vias e espaços públicos, além dos locais onde a sua utilização é obrigatória nos termos da legislação em vigor”, diz num comunicado a Proteção Civil Municipal.

Questionado pela agência Lusa, o presidente da câmara, Hélder Sousa Silva, justificou que locais turísticos, como a Ericeira, têm sido frequentados por cidadãos oriundos de fora do concelho, motivando a aglomeração de pessoas nas praias e em alguns espaços.

Na reunião desta segunda-feira da Comissão Municipal da Proteção Civil foi também decidido “reforçar a fiscalização às infrações às regras sanitárias vigentes, com tolerância zero, em especial nos cafés, nas esplanadas, nos restaurantes, nos espaços e vias públicas e nos transportes públicos”, assim como a vigilância nas praias.

Outras medidas passam também por reforçar a equipa de acompanhamento dos casos em vigilância ativa e sensibilizar os empregadores de doentes infetados pela Covid-19 para o respeito das regras sanitárias vigentes.

Já na semana passada, a Comissão Municipal da Proteção Civil tinha anunciado um reforço da fiscalização para punir comportamentos que infringem as orientações da Direção-Geral da Saúde para o combate à Covid-19.

Segundo o autarca, não vai haver a reversão de medidas a impor, de forma direta ou indireta, o confinamento de cidadãos, mas adiantou que foi decidido avançar com ações de sensibilização, vigilância e de fiscalização nas ruas, envolvendo forças policiais, bombeiros, freguesias e município.

Para o presidente da câmara, “não pode o justo pagar pelo pecador”.

Mafra regista 306 casos de infeção, dos quais 151 estão ativos, 143 recuperaram e 12 faleceram.

Em Portugal, morreram 1.620 pessoas das 44.129 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.