Dark Mode 114kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Hong Kong fecha algumas escolas após identificar novos casos. Pode ter voltado a haver transmissão comunitária

Depois de várias semanas a registar apenas casos importados de outros países, Hong Kong poderá ter novamente transmissão comunitária do coronavírus. Medidas podem ser apertadas, admite governo.

i

A líder do executivo de Hong Kong, Carrie Lam, admitiu que as medidas de contenção podem ter de ser revista

WU HONG/EPA

A líder do executivo de Hong Kong, Carrie Lam, admitiu que as medidas de contenção podem ter de ser revista

WU HONG/EPA

O executivo regional de Hong Kong decidiu esta terça-feira suspender as aulas em pelo menos quatro instituições de ensino depois de terem sido confirmados seis novos casos de Covid-19 na cidade, com as autoridades de saúde a temerem que a infeção possa voltar a disseminar-se na comunidade.

Segundo o South China Morning Post, a líder do executivo de Hong Kong, Carrie Lam, disse esta manhã que “ainda há o risco de o vírus se espalhar na comunidade” e afirmou que a região autónoma chinesa vai rever a sua estratégia de combate ao vírus.

Nos últimos meses, todos os casos de Covid-19 registados na cidade correspondiam a casos importados de outros países, com as cadeias de transmissão identificadas e controladas. Porém, o surgimento de novos casos — entre os quais já foi possível identificar transmissão comunitária — no início desta semana está a preocupar as autoridades.

“Na terça-feira à tarde, vou reunir com o comité dirigente para uma revisão abrangente da situação e avaliar se a origem dos casos pode ser identificada, bem como se as nossas medidas mais relaxadas de distanciamento social ainda são apropriadas”, disse a responsável.

Até ao momento registaram-se em Hong Kong um total de 1.268 casos de Covid-19, tendo a doença provocado a morte a sete pessoas. Recuperaram da infeção 1.088 pessoas.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.