505kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Hong Kong fecha algumas escolas após identificar novos casos. Pode ter voltado a haver transmissão comunitária

Este artigo tem mais de 2 anos

Depois de várias semanas a registar apenas casos importados de outros países, Hong Kong poderá ter novamente transmissão comunitária do coronavírus. Medidas podem ser apertadas, admite governo.

A líder do executivo de Hong Kong, Carrie Lam, admitiu que as medidas de contenção podem ter de ser revista
i

A líder do executivo de Hong Kong, Carrie Lam, admitiu que as medidas de contenção podem ter de ser revista

WU HONG/EPA

A líder do executivo de Hong Kong, Carrie Lam, admitiu que as medidas de contenção podem ter de ser revista

WU HONG/EPA

O executivo regional de Hong Kong decidiu esta terça-feira suspender as aulas em pelo menos quatro instituições de ensino depois de terem sido confirmados seis novos casos de Covid-19 na cidade, com as autoridades de saúde a temerem que a infeção possa voltar a disseminar-se na comunidade.

Segundo o South China Morning Post, a líder do executivo de Hong Kong, Carrie Lam, disse esta manhã que “ainda há o risco de o vírus se espalhar na comunidade” e afirmou que a região autónoma chinesa vai rever a sua estratégia de combate ao vírus.

Nos últimos meses, todos os casos de Covid-19 registados na cidade correspondiam a casos importados de outros países, com as cadeias de transmissão identificadas e controladas. Porém, o surgimento de novos casos — entre os quais já foi possível identificar transmissão comunitária — no início desta semana está a preocupar as autoridades.

“Na terça-feira à tarde, vou reunir com o comité dirigente para uma revisão abrangente da situação e avaliar se a origem dos casos pode ser identificada, bem como se as nossas medidas mais relaxadas de distanciamento social ainda são apropriadas”, disse a responsável.

Até ao momento registaram-se em Hong Kong um total de 1.268 casos de Covid-19, tendo a doença provocado a morte a sete pessoas. Recuperaram da infeção 1.088 pessoas.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.