Foram detidas 13 pessoas no âmbito da operação policial de combate ao tráfico de droga e outros crimes que a Divisão Policial de Espinho está esta terça-feira a fazer nos concelhos de Espinho, Ovar e Vila Nova de Gaia, segundo um balanço provisório feito pela PSP. Os detidos vão ser presentes a um juiz de instrução criminal de Santa Maria da Feira.

“Estamos a falar do combate ao tráfico que grassava em Espinho e alvo de muitas reclamações”, frisou o subintendente José Alves, do Comando da PSP de Aveiro.

Em declarações aos jornalistas, junto às instalações da PSP de Espinho, o graduado assinalou que durante a operação foram apreendidas drogas como heroína, cocaína, liamba e haxixe, em quantidades ainda não apuradas. A lista de apreensões inclui um revólver, 12 automóveis e três motos.

“Como as operações ainda decorrem é possível que estes números venham a aumentar”, sublinhou a fonte, que referiu o envolvimento nas ações de mais de 100 polícias, incluindo agentes do Corpo de Intervenção.

Além de cumprirem 13 mandados de detenção fora de flagrante delito, os operacionais realizaram 23 buscas domiciliárias e 21 não domiciliárias (19 em viaturas e duas em estabelecimentos).

Das 23 buscas, 19 estão a ser desenvolvidas no concelho de Espinho, distrito de Aveiro, mais concretamente na Rua Manuel da Areia e Bairro Piscatório, freguesia de Silvalde, e na freguesia de Anta (bairro da Ponte de Anta).

As outras quatro buscas decorrem em áreas da GNR e em colaboração com esta força policial, nos concelhos de Ovar e Santa Maria da Feira (Aveiro), bem como em Vila Nova de Gaia (distrito do Porto).

A operação culmina uma investigação desenvolvida pela PSP ao longo de ano e meio.

“Estão a ser empenhadas todas as valências policiais, nomeadamente, da estrutura de investigação criminal, das equipas de intervenção rápida, de trânsito, das brigadas de fiscalização, da patrulha e peritos de armas”, refere uma nota da PSP de Aveiro.

A operação policial conta igualmente com o reforço da Unidade Especial de Polícia.