em atualização

Foram detidas três pessoas e 150 imigrantes foram identificadas como potenciais vítimas dos crimes de tráfico humano e auxílio à imigração ilegal numa grande operação do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, que está a decorrer esta quarta-feira de manhã no distrito de Santarém, contra umarede de tráfico humano, confirmou o Observador junto de fonte oficial do SEF.

A ação desenvolve-se desde as 7h00, no Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, e estão a ser cumpridos três mandados de detenção e outros 40 de busca domiciliária e apreensão de viaturas.

O objeto da investigação é uma ou mais redes de angariação de imigrantes ilegais da Índia, Paquistão e Bangladesh para trabalhar em Santarém e na zona de Almeirim.